Paróquias celebram o dia de São Sebastião, o intercessor contra doenças e pandemias

Matriz da Paróquia São Sebastião de Andradina; o santo é o padroeiro da cidade

O dia de São Sebastião, um dos santos de maior devoção na Igreja, é em 20 de janeiro. Na Diocese de Araçatuba, o santo se faz presente em diversas solenidades votivas e dá nome a duas paróquias, sendo uma em Andradina, cidade que o tem como padroeiro, e outra em Araçatuba.

Na Paróquia São Sebastião de Andradina tradicionalmente há celebrações e festejos que influenciam toda a cidade, como quermesses e procissões. Todavia, com o quadro atual de pandemia da Covid-19, em 2021 as festividades em torno da devoção acontecerão nos dias 19 e 20.

Na terça-feira (19), ocorre o Terço em louvor a São Sebastião, às 19h30. No dia 20 de janeiro, feriado municipal, a Santa Missa será presidida às 19h pelo padre Sebastião Gonçalves, pároco local, e concelebrada pelos demais presbíteros da cidade.

Conforme dados enviados pela paróquia andradinense, a escolha de São Sebastião como padroeiro da cidade foi feita pelo seu fundador, Antônio Joaquim de Moura Andrade, em 20 de setembro de 1939.

ARAÇATUBA

Em Araçatuba, a Paróquia São Sebastião se localiza no bairro do mesmo nome, e abrange toda a zona norte da cidade. Conforme o pároco local, padre Rodney Mendes CMF, a programação também foi alterada em razão da pandemia.

Mendes explica que, apesar do dia de São Sebastião ser em 20 de janeiro, a programação será entre os dias 21 e 24 do mesmo mês para atingir o maior número de devotos e fiéis em geral. “O tríduo começa com a Santa Missa no dia 21 e se estende até o dia 23, sempre às 19h30, no salão paroquial. Antes, porém, às 19h, vamos rezar o Santo Terço”.

A imagem pode conter: 5 pessoas
Missa em louvor a São Sebasitão em 2020, na paróquia de Araçatuba. São Sebastião é o padroeiro dos militares

No dia 24 ( domingo), uma carreata sairá da Capela de São Sebastião e São Vicente, no bairro Engenheiro Taveira, às 8h, chegando no salão paroquual às 9h para a missa festiva em louvor a São Sebastião. Para esta celebração da manhã, o padre pede que todos possam pegar senhas na secretaria paroquial. À noite, às 19h, será celebrada outra missa em louvor ao padroeiro.

Mendes ainda conta que os militares serão abençoados na celebração festiva do período da manhã. “São Sebastião é invocado contra todas as pestes e doenças, por isso iremos centralizar as nossas celebrações em torno de sua vida, orando pelo fim da pandemia. O padroeiro também é o intercessor dos militares, portanto iremos abençoá-los para que tenham segurança em seu trabalho de defesa da vida”.

O padre ainda informa que tanto na missa da manhã quanto na da noite serão abençoados também os veículos dos fiéis.

OUTRAS PARÓQUIAS

Por toda a Diocese há comunidades em louvor a São Sebastião. Em Birigui, a comunidade São Sebastião celebra o seu padroeiro no dia 20, às 20h. Em Coroados, desde o dia 17 de janeiro ocorre o tríduo em louvor ao santo, o qual termina na terça, às 19h, com a Santa Missa no salão paroquial.

 

HISTÓRIA

A imagem pode conter: 1 pessoa

São Sebastião nasceu em Narbonne; os pais eram oriundos de Milão, na Itália, do século terceiro. Desde cedo, foi muito generoso e dado ao serviço. Recebeu a graça do santo batismo e zelou por ele em relação à sua vida e à dos irmãos.

Ao entrar para o serviço no Império como soldado, tinha muita saúde no físico, na mente e, principalmente, na alma. Não demorou muito, tornou-se o primeiro capitão da guarda do Império. Esse grande homem de Deus ficou conhecido por muitos cristãos, pois, sem que as autoridades soubessem – nesse tempo, no Império de Diocleciano, a Igreja e os cristãos eram duramente perseguidos –, porque o imperador adorava os deuses. Enquanto os cristãos não adoravam as coisas, mas as três Pessoas da Santíssima Trindade.

Esse mistério o levava a consolar os cristãos que eram presos de maneira secreta, mas muito sábia; uma evangelização eficaz pelo testemunho que não podia ser explícito.

São Sebastião tornou-se defensor da Igreja como soldado, como capitão e também como apóstolo dos confessores, daqueles que eram presos. Também foi apóstolo dos mártires, os que confessavam Jesus em todas as situações, renunciando à própria vida. O coração de São Sebastião tinha esse desejo: tornar-se mártir. E um apóstata denunciou-o para o Império e lá estava ele, diante do imperador, que estava muito decepcionado com ele por se sentir traído. Mas esse santo deixou claro, com muita sabedoria, auxiliado pelo Espírito Santo, que o melhor que ele fazia para o Império era esse serviço; denunciando o paganismo e a injustiça.

São Sebastião, defensor da verdade no amor apaixonado a Deus. O imperador, com o coração fechado, mandou prendê-lo num tronco e muitas flechadas sobre ele foram lançadas até o ponto de pensarem que estava morto. Mas uma mulher, esposa de um mártir, o conhecia, aproximou-se dele e percebeu que ele estava ainda vivo por graça. Ela cuidou das feridas dele. Ao recobrar sua saúde depois de um tempo, apresentou-se novamente para o imperador, pois queria o seu bem e o bem de todo o Império. Evangelizou, testemunhou, mas, dessa vez, no ano de 288 foi duramente martirizado.

 

ORAÇÃO CONTRA A PESTE, A FOME E AS EPIDEMIAS

Glorioso mártir São Sebastião, soldado de Cristo e exemplo de cristão. Hoje nós viemos pedir
vossa intercessão junto ao trono do Senhor Jesus, nosso Salvador, por quem destes a vida.
Vós que vivestes a fé e perseverastes até o fim, pedi a Jesus por nós para que nós sejamos
testemunhas do amor de Deus.

Vós que esperastes com firmeza nas palavras de Jesus, pedi a Ele por nós para que aumente
nossa esperança na ressurreição.

Vós que vivestes a caridade para com os irmãos, pedi a Jesus para que aumente nosso amor
para com todos. Enfim, glorioso mártir São Sebastião, protegei-nos contra a peste, a fome e a
guerra; defendei nossas plantações e nossos rebanhos que são dons de Deus para o nosso
bem, para o bem de todos.

E defendei-nos do pecado que é o maior mal, causador de todos os outros.
São Sebastião, rogai por nós.

Amém!

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X