Plano São Paulo: celebrações públicas e atividades de paróquias não serão afetadas com regressão de fase

Em comunicado, o vigário-geral diocesano, padre Charles Borg, reforça a necessidade do cumprimento das normas sanitárias municipais
Texto de Cláudio Henrique/Assessoria Diocesana de Comunicaçao

O endurecimento das normas de prevenção contra a Covid-19 anunciadas pelo governo do Estado de São Paulo na sexta-feira, 23 de janeiro, não suspendem as missas públicas ou as atividades pastorais e administrativas das comunidades e paróquias da Diocese de Araçatuba.

Pela nova fase do Plano São Paulo, a região de Araçatuba (que agrega as 19 cidades de nossa Diocese) segue na faixa laranja de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h. No entanto, das 20h às 6h durante os dias citados anteriormente e por todos os próximos finais de semana o Estado adotou para todas as cidades a fase vermelha, pela qual podem funcionar apenas os serviços essenciais.

Conforme o Vigário-Geral diocesano, padre Charles Borg, as igrejas são consideradas atividades essenciais pelos governos estadual e federal. Tais normas estão presentes, respectivamente, no decreto 64.881 de 22/3/2020 do Plano São Paulo e no decreto federal nº 10.282, de 20 de março de 2020 do Governo Fedreral, o qual, no inciso 39, destaca que as atividades religiosas são consideradas serviços essenciais.

“Lembro aos irmãos párocos a todos os irmãos leigos que o governo do Estado considera essenciais os serviços religiosos. Portanto, o retorno a fase mais restritiva não afeta nossas celebrações”, afirma.

NORMAS SANITÁRIAS

Borg, todavia, reforça mais uma vez a necessidade do cumprimento das normas sanitárias estabelecidas pelo municípios onde se localizam as 33 paróquias da Diocese. Cada cidade tem suas leis específicas, as quais, conforme decreto episcopal de retorno às atividades públicas assinado pelo bispo diocesano Dom Sergio Krzywy em setembro de 2020, devem ser seguidas impreterivelmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X