Em homilia, Dom Sergio destaca que celebrar a Padroeira é celebrar a alegria do Senhor; veja as fotos da Santa Missa

“Que o nosso coração se encante com as belezas que Deus nos dá dia a dia, se renovando com Cristo, o vinho novo”

O Bispo Diocesano Dom Sergio Krzywy presidiu na manhã desta terça-feira (12/10), na Catedral Nossa Senhora Aparecida, a Santa Missa em honra à Padroeira do Brasil e desta Diocese. Em sua homilia, Dom Sergio refletiu sobre a intercessão de Nossa Senhora pelo povo e a alegria que Jesus traz e restitui a todos, pela intercessão da Mãe.

Segundo ele, a liturgia da solenidade convida a olhar no esplendor de Deus, sendo Maria uma medianeira.

” Assim como Ester na primeira leitura (Est 5,1b-2;7,2b-3), devemos olhar também para a vida do nosso povo brasileiro e para as situações tão doloridas e desafiadoras, as quais passam muito dos nossos irmãos. Somos convidados a interceder a Deus, como Maria , pelos nossos irmãos que passam as necessidades. Pensemos sempre em todos para que possam ter vida em abundância”

Conforme o Bispo, “Maria é aquela que nos ensina a sermos ouvintes da Palavra e a participar alegre e ativamente do plano de Deus em nossa vida”. Dom Sergio ainda destacou que a  segunda leitura da liturgia da Santa Missa (Ap 12,1.5.13a.15-16a) nos convida a sermos uma resposta em favor do bem comum.
EVANGELHO
Ainda de acordo com a reflexão de Dom Sergio, no Evangelho (Jo 2,1-11) vemos Maria fazendo parte do povo que alimenta a esperança do Salvador. “Por ela vem o Salvador, e ela está ali naquela festa. Jesus oferece o vinho novo da salvação que só ele proporciona”.
Conforme Dom Sergio, Jesus é sempre o vinho novo da alegria e a grande novidade para nós. “Hoje vivemos em meio a tantas novidades, mas a novidade fundamental do Cristo é a vida. Ele é uma presença que garante a alegria da festa. Ele garante o vinho novo, que é o vinho da alegria e da vida fraterna da nova aliança”.
E concluiu destacando que celebrar Nossa Senhora Aparecida é celebrar a alegria. “O Papa Francisco na Exortação Apostólica Evangelii Gaudiim, fala para nós que não devemos deixar que nos roubem a alegria e nem o espírito da vida comunitária e fraterna. E nós, como Cristo Senhor, celebrando a nossa Padroeira, queremos reafirmar o nosso desejo de viver a alegria, sendo portadores da Boa Nova. Maria é a mãe de Deus e da iIgreja. Queremos ser sempre mais anunciadores desta Boa Nova”.
O Bispo Diocesano ainda motivou todos a se encantarem pela alegria do Senhor. “Deixemos o nosso coração se encantar mais e mais com o plano de Deus para todos nós. Que o nosso coração se encante com as belezas que Deus nos dá dia a dia, se renovando com Cristo, o vinho novo. A mãe pede para fazermos o que ele nos dizer, ou seja, para termos um ouvido atento, um coração vigilante e para vivermos genuinamente a Palavra”.
SÍNODO
Na última parte de sua homilia, o Bispo Diocesano abordou o Sinodo convocado pelo Papa para 2021 a 2021. Dom Sergio destacou que é um Momento especial na vida da Igreja.
“O Papa está nos convidando a viver uma igreja sinodal , ou seja, uma igreja em que todos caminhem juntos. Uma igreja que e comunhão e ação missionária em passos juntos como povo de Deus”.
A abertura do Sínodo em Roma ocorreu em 10 de outubro, pelo Papa Francisco. Nas Dioceses, a celebração de abertura ocorre dia 17. Nesta Igreja Particular, a Santa Missa presidida pelo Bispo Diocesano, em 17 de outubro, às 10h, na Catedral Diocesana, iniciará oficialmente o processo sinodal de escuta, que deve se estender até março de 2022.
VEJA A GALERIA DE FOTOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X