Nota de pesar: morre, aos 75 anos, o padre Alcides Franzoi, que residia em Birigui

Foto do padre Alcides registrada em 2021, por ocasião do seu aniversário de 75 anos

Com fé no Cristo Ressuscitado e sensibilizada, a Diocese de Araçatuba , por meio do Bispo Diocesano, do Clero, diáconos, seminaristas, religiosos, religiosas, leigos, agentes de pastoral e a todo o povo de Deus lamenta o falecimento do padre Alcides Franzoi, aos 75 anos, ocorrido na madrugada deste dia 12 de março, em Birigui.

Franzoi era sacerdote encardinado à Arquidiocese de São Paulo, mas por conta de problemas de saúde vivia sob cuidados de familiares e amigos em Birigui. Conforme amigos ouvidos pela Assessoria Diocesana de Comunicação, o padre sofreu um AVC há alguns anos e depois desta condição necessitava de cuidados frequentes.  Ele chegou a ser seminarista da ordem dos capuchinhos, mas antes de adoecer era padre diocesano na Capital.

O velório de Franzoi ocorreu entre a manhã e a tarde deste sábado no Templo Votivo Nossa Senhora de Fátima de Birigui. Às 15h30 foi presidida a Santa Missa, e depois o sepultamento ocorreu no cemitério Saudades.

Pedimos a oração de toda a família Diocesana neste momento de luto aos familiares e amigos.

HISTÓRICO

Pe. Alcides passou pela Diocese de Lins como seminarista no final da década de 1970. Morou em Sabino na companhia do Pe. Silvestre Longo e depois foi para São Paulo cursar filosofia e teologia e por lá ficou e foi ordenado diácono e sacerdote.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X